Essência Divina

Você sabia que tem a essência Divina? Sim, você tem!

Certo dia, após ler um trecho do Livro “Por que tarda o real avivamento?” que citava o versículo encontrado em Mateus 18:18, fiquei meditando em como nos diminuímos. Mesmo sabendo de Quem somos filhos, nos tratamos como se fôssemos órfãos. Meu objetivo com esse vídeo é de despertar-nos para o nosso privilégio em pertencer a Quem pertencemos e a termos a consciência do poder que possuímos, devido sermos filhos do Rei. E, também, tomarmos posse desse nosso lado, abraçando-nos por inteiro, inclusive em nossas decisões.

Reflita comigo sobre isso no vídeo abaixo:

Você tem a essência Divina

A Palavra do Senhor diz em Gênesis que Deus, quando foi criar nossa terra, dizia “haja” isso e aquilo; e quando as coisas se formavam Ele dizia “Isso é bom!”.

Mas, quando foi criar o homem não o criou sozinho, mas em conjunto:

“façamos o homem a nossa imagem e semelhança” (Gênesis 1:26)

E, assim como nosso corpo físico possui os traços dos nossos pais, nós também possuímos traços divinos, pois somos filhos Dele!

Assim como Ele é Trino nós também somos (espírito, alma e corpo). Ele nos deu poder para fazer “coisas iguais ou maiores”, basta usar a fé. Ele nos concedeu o dom da criação e de nos alegrar com isso, tal como Ele também fez!

E o versículo que eu gostaria de destacar é o versículo que eu comecei esse post:

“Tudo o que lugares na terra será ligado no céu” (Mateus 18:18).

Sabendo de tudo isso, não há como se sentir pleno e em equilíbrio, sendo você mesmo, desprezando alguma parte sua.

Você alguma vez já desprezou sua essência Divina? Seja com palavras ou ações, já tentou se desvincilhar dessa sua característica ou para não contrariar alguém, ou ainda para ser aceito em algum lugar?

Saber que somos imagem e semelhança de Deus é lindo! Mas não vai adiantar muito se não houver um comprometimento em honrar o nome de Quem carrega.

Abrace-se por inteiro, inclusive sua essência Divina e, só assim, você conseguirá ser por inteiro!

 

Um grande abraço.